A Casa de Acolhida  "Habitar é o traço essencial do ser”. Heidegger.
Em 1994, alguns meninos acolhidos pela ASP, passam a dormir na 109 norte para, a 1o. luz do dia, estarem na sede prontos a aprender. Na  parede que lhes acolhia escrevem exclusivos. Corridos dias desta rotina, perguntam: não tem um  lugar para dormir aqui perto? Da singela, mas essencial demanda , conquistam a Casa da Acolhida  construída a seu gosto.Adriano Feitosa pintou seu sentimento, um ninho abrigado em galhos de árvore."O homem habita sua casa antes de habitar o mundo. A casa protege sem lutar . " Gaston Bachelard