Tema da semana: TECNOLOGIAS da INFORMAÇÃO e COMUNICAÇÃO ( TIC )
Eloiza da Silva Gomes de Oliveira
Psicóloga,doutora em educação,professora da Universidade Estadual  do Rio de Janeiro
e co-autora do livro Tecnologia na Educação,  uma perspectiva sócio - internacionista,editora qualitymarkis

Não é novidade que a educação sofre influência do contexto histórico, social, político,econômico que a envolve e isso faz com que sofra contínuas transformações.Nunca isso ocorreu de maneira  tão rápida como com a chegada avassaladora das Tecnologias  de Informação e Comunicação ( TIC ) Mudaram não apenas as demandas que vêm de fora da escola,  mas o perfil dos professores e, principalmente o dos estudantes.Essa geração de jovens enfrenta com facilidade a evolução tecnológica e se adapta a essa crescente "onda" com a mesma rapidez com que ela se transforma.A tecnologia digital é parte integrante da vida deles desde o  momento do nascimento.Usam o celular, também para trocar  mensagens SMS, jogar, acessar redes sociais, utilizar serviços da web e outras vertentes ligadas ao mundo digital. Tais características fazem com que aprendam de forma diferente da que os pais aprendiam no passado. O mundo digital, convida seus usuários a explorá-lo, e  assim aprendem a utilizar seu vasto leque de ferramentas. Devido à rapidez e à facilidade de obtenção de conhecimento, não esperam mais que seus pais ou professores lhes transmitam as informações que desejam:preferem ir atrás das mesmas nesse mundo on-line, pesquisando em sites e perguntando em fóruns.A formação dos professores não avançou com a mesma rapidez;ainda se apresenta com frequência conservadora e focada no conteúdo.É necessário, no entanto, que professores e alunos se encontrem e convivam nesse vasto mundo que envolve as tecnologias. Propomos, para essa escola do futuro, que as  pessoas não aprendam simplismente a usar as tecnologias  digitais, mas que as tornem verdadeiras ferramentas de vida. A nossa experiência mostra que esse processo passa por  cinco etapas, tanto para o professor quanto para o aluno: a aquisição das habilidades básicas para lidar com as TIC; a utilização das tecnologias em práticas pedagógicas ainda mais próximas do que se considera tradicional em Educação; a integração das TIC ao cotidiano escolar; a apropriação das tecnologias, variando a sua utilização e adequando-as às necessidades. e a invenção , com a descoberta de novas formas de utilizar as ferramentas e combinar múltiplas tecnologias.

 Comentários

nome
e-mail